Rio FM

Rio Esportivo

Rodrigues Filho

Em dia de Previdência, Bolsonaro elogia Maia e promete evangélico no STF

10/07/2019 14:50

No dia em que deputados podem votar a reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro participou de culto da bancada evangélica na Câmara dos Deputados. Em sua fala, disse que vai colocar ao menos 1 ministro evangélico no STF (Supremo Tribunal Federal), elogiou a atuação do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e destacou “a força” conjunta do Executivo.

“O Estado é laico, mas nós somos cristãos”, disse nesta 4ª feira (10.jul.2019).“Poderei indicar 2 ministros para o Supremo Tribunal Federal. Destes, 1 será terrivelmente evangélico.”

Em seu discurso, Bolsonaro elogiou o presidente da Câmara: “O parlamento estará de braços abertos para nós. Em especial na pessoa do Rodrigo Maia, que tem muito bem conduzido as questões do interesse do nosso Brasil. Bem como a partir do 2º semestre os olhos nossos e de todo mundo irão se voltar para o Senado Federal na pessoa do grande pequeno Davi Alcolumbre”. Afirmou também que a “força do Executivo com o Legislativo é inimaginável”.

A Câmara discutiu a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da Previdência até o início desta madrugada. Agora, o governo espera votação do texto-base e dos destaques feitos ao texto (trechos que os partidos solicitam que sejam votados separadamente).

Após a celebração, Bolsonaro foi questionado por jornalistas sobre as expectativas em relação à votação. Disse apenas ser “de vitória” e que se reunirá ainda hoje com Maia. O ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) disse que o texto deve ser votado em 2º turno na 6ª feira (12.jul). Entenda aqui o trâmite da reforma.

Na sequência, o presidente participou da sessão de homenagem aos 42 anos da Igreja Universal do Reino de Deus no plenário da Câmara. Em novo pronunciamento, disse que ali Maia era “o general”“É o homem que conduzirá o destino da votação e da nossa querida nação.”

Participaram do culto os ministros General Ramos (Secretaria de Governo), General Augusto Heleno (GSI), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), Ernesto Araújo (Relações Exteriores),  André Mendonça (AGU), Marcelo Álvaro (Turismo) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).

Também estiveram presentes os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que faz aniversário nesta 4ª feira, Silas Câmara (PRB-AM), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Marcos Pereira (PRB-SP), bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, e o pastor Marcos Feliciano (PODE-SP).

O culto evangélico é realizado semanalmente na Câmara. Normalmente, ocorre em uma das sala das comissões, espaço menor. Dessa vez, foi realizado no auditório. É a 1ª vez que Bolsonaro, que é católico mas tem forte apoio da bancada evangélica, participa da cerimônia na Casa.

Fonte: Poder 360

Mais Notícias

Outras Notícias

Filha do político informou que está indo para Brasília acompanhar a internação do pai.

Continue Lendo

Abraham Weintraub afirmou que vai apresentar na quarta medidas de 'eficiência' para as universidades

Continue Lendo