Rio FM

A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

MP recomenda algumas mudanças para a alvorada festiva durante a Feira do Caminhão em Itabaiana

23/05/2019 08:19

O Ministério Público de Sergipe (MP/SE) recomendou algumas mudanças para a alvorada festiva da madrugada e manhã do dia 12 de junho, durante a 54ª Feira do Caminhão de Itabaiana. A recomendação está gerando descontentamento por parte de algumas pessoas.

O MP/SE, através do promotor Fábio Viegas Mendonça de Araújo convocou a SMTT de Itabaiana, a PRF e também o 3º BPM para tratar do assunto. Ficou decidido que as medidas serão tomadas para evitar que tragédias aconteçam, como já ocorreu em anos anteriores.

Segundo o promotor, o objetivo é que a legislação do Código Brasileiro de Trânsito seja cumprida por parte dos motoristas durante a carreata. Não será permitido que pessoas participem da carreata em cima das carrocerias dos caminhões, nem que sons sejam colocados nas carrocerias, como tem ocorrido nos anos anteriores.

Sabemos também que o consumo de bebida alcoólica é proibido por lei, então, mesmo que seja uma alvorada festiva, os motoristas não podem dirigir os caminhões embriagados.

O promotor Fábio Veigas lembra também que essa campanha educativa será feita no período anterior à festa, iniciando nos próximos dias, com a distribuição de panfletos educativos nas ruas, por exemplo.

Ele enfatiza que as pessoas estarão cientes do que foi recomendado, e que no dia da alvorada, os órgãos competentes estarão a serviço para punir que descumprir a lei.

O assunto tem gerado polêmica porque muitas pessoas entendem que a carreata é uma tradição na Capital Nacional do Caminhão.

O Tenente Coronel Sidney Barbosa, comandante do 3º BPM lembra que a carreata continuará acontecendo como sempre. “ As pessoas só precisam entender que há regras e leis que precisam ser cumpridas para evitar que uma mãe termine a carreata chorando porque um filho caiu da carroceria de um caminhão e morrer, como já aconteceu em outras edições”, comentou ele.

Fonte: Itnet

Mais Notícias

Outras Notícias

É preciso educar, às vezes é preciso punir, mas também é preciso dar as condições para que o cidadão ...

Continue Lendo

Primeiras investigações indicam que não havia sinais de arrombamento no apartamento, nem evidências ...

Continue Lendo