Rio FM

Na Casa do Vaqueiro

Márcio Jota

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

Aeronave bateu na dianteira de 1 caminhão

11/02/2019 20:31

O jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, morreu em uma queda de helicóptero nesta 2ª feira (11.fev.2019). A aeronave caiu no Rodoanel, em São Paulo, por volta do meio-dia.

Ele retornava de uma palestra em Campinas, no interior do Estado, para a capital. Deveria pousar no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de 1 caminhão que trafegava pelo Rodoanel, no sentido interior, próximo à praça do pedágio.

O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária e teve ferimentos leves. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

De acordo com os bombeiros, 11 viaturas foram deslocadas para o local. A aeronave que caiu era do modelo BELL PT HPG. Fabricada em 1975, estava com documentação em dia. O helicóptero fazia serviços de táxi aéreo e pertencia ao próprio piloto.

193-Bombeiros PMESP
 
@BombeirosPMESP
 
 

Atualizando ocorrência de ocorrência de Queda de Aeronave, Acesso a Rod Anhanguera, Km-7 do Rodoável, sentido Castelo Branco, prox ao pedágio – Jabaquara. Já confirmado, 2 Vítms carbonizadas, subiu para 11 Vtrs mais Àguia-13. Aguardando inf. do local.

 
83 pessoas estão falando sobre isso
 

BIOGRAFIA

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires, na Argentina. Casado com Veruska Boechat, era pai de 6 filhos: Paula, Bia, Rafael, Patricia, Valentina e Catarina.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ.

O jornalista iniciou sua carreira na década de 1970, no extinto jornal Diário de Notícias.

Ele trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil.Foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo, e ganhou 3 vezes o extinto Prêmio Esso, 1 dos principais do jornalismo brasileiro.

É o maior vencedor  da história do Prêmio Comunique-se, sendo o único a vencer em 3 categorias distintas (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).

Segundo pesquisa do site Jornalistas&Cia, em 2014, foi eleito o jornalista mais admirado entre os 100 principais profissionais do mercado.

Em seu último programa na manhã desta 2ª feira (11.fev) na BandNews FM, Boechat criticou a morosidade da justiça para identificar e punir os responsáveis por tragédias como a que ocorreu após o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho.

REPERCUSSÃO

Personalidades políticas emitiram nota de pesar após a morte do jornalista. O presidente Jair Bolsonaro publicou em seu perfil no Twitter que sempre teve muito respeito pelo trabalho de Boechat.

Jair M. Bolsonaro
 
@jairbolsonaro
 
 

É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos!

 
12,2 mil pessoas estão falando sobre isso
 
Fonte: Poder 360
 
Mais Notícias

Outras Notícias

Segundo a polícia, suspeitos foram responsáveis de conseguir a caminhonete e ferramentas usadas no r ...

Continue Lendo

Crime ocorreu em agosto de 2017 no município de Aquidabã (SE).

Continue Lendo