Rio FM

A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Fernando Collor entra na disputa pela presidência do Senado

Agrada a aliados do presidente eleito

07/12/2018 09:35

O ex-presidente Fernando Collor (PTC-AL) está no páreo pela presidência do Senado.

O congressista foi recebido pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, há poucos dias, na semana passada. É 1 nome que agrada aos bolsonaristas para o comando da Casa em 2019.

Collor é visto por aliados de Bolsonaro como alguém que “tem energia” e que poderia realizar o sonho de alguns no governo de transição: aprovar o processo de impeachment contra 1 ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).

Na mira bolsonarista, estão, pela ordem, os ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux. Muitos bolsonaristas mais radicais querem emparedar o STF logo no início do governo em 2019. 

Partidos nanicos estão por trás da articulação pró-Collor, hoje no PTC e que em breve deve estar de mudança para o Pros.

Pela conta dos colloridos, o grupo contará no início de janeiro com 34 senadores do mínimo de 41 necessários para eleger Collor. O número representa a metade mais 1 do total de congressistas da Casa: 81.

TASSO DESAGRADA A BOLSONARISTAS

Na contramão da energia citada para descrever Collor, os aliados do presidente eleito dizem que Tasso Jereissati (PSDB-CE) “não se esforça”.

Dizem eles que o tucano não tem ido atrás dos votos –até diz explicitamente que não vai sair pedindo o apoio de colegas. Faltaria ao senador “disposição e energia”, atributos demonstrados pelo ex-presidente Collor, na opinião de bolsonaristas que falaram ao Poder360 em reserva.

 

Mais Notícias

Outras Notícias

Ambos irão prestar depoimento aos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Orga ...

Continue Lendo

Justiça concedeu ao Flamengo 5 dias para se defender e impedir a interdição total do Ninho do Urubu

Continue Lendo