Rio FM

A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Três pessoas morrem em Santa Catarina por causa de chuvas

Três pessoas morrem em Santa Catarina por causa de chuvas

12/01/2018 02:32

A prefeitura de Florianópolis (SC) decretou nesta quinta-feira (11) estado de emergência por conta das fortes chuvas que atingiram a cidade e os municípios na região metropolitana nos últimos dois dias. Até agora, três mortes foram confirmadas.

Segundo os Bombeiros, uma das vítimas fatais foi uma menina de 8 anos, que morreu após a queda de uma árvore sobre a garagem onde ela brincava. Ela morava na cidade de São João Batista. Outra morte aconteceu em Balneário Camboriú. Um homem de 34 anos acabou sendo arrastado pela correnteza quando tentava desobstruir a tubulação da rua. A terceira vítima foi registrada em Florianópolis. Um homem de 59 anos tentava limpar uma boca de lobo no quando caiu com a força da água e bateu a cabeça.

Duas pessoas também estão desaparecidas (um homem na capital e outro em Balneário Camboriú). As chuvas provocaram deslizamentos de terra, quedas de muro, alagamentos em vários pontos da cidade, quedas de árvores e de postes. O órgão informou também que há desalojados, mas não soube informar ainda quantas famílias perderam suas casas. A Defesa Civil afirmou que abriu dois abrigos provisórios provisório para essas pessoas.

Florianópolis registrou cerca de 400 milímetros de chuva desde segunda-feira — o maior volume no Estado, de acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC. As chuvas fortes atingiram as cidades de São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Governador Celso Ramos, Antônio Carlos, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara.

 
João Pedroso de Campos
Mais Notícias

Outras Notícias

Suspeito de matar ex-companheira continua foragido

Continue Lendo

Suspeito por estupro de criança é preso em Frei Paulo

Continue Lendo

Votação mobiliza cerca de 2 milhões de mesários no país

Continue Lendo

Município de Glória ganhará nova unidade do Senac

Continue Lendo