Rio FM

Sintese em Ação

Professor Milano

Fla sai na frente, mas cede à pressão e sofre virada do Independiente

Fla sai na frente, mas cede à pressão e sofre virada do Independiente

07/12/2017 02:17
O Independiente abriu vantagem na decisão da Copa Sul-Americana. Jogando em casa, no Estádio Libertadores de América, o Rojo venceu o Flamengo, de virada, por 2 a 1. O time carioca começou bem, abriu o placar, mas cedeu à pressão dos argentinos. O resultado não foi dos piores para o Rubro-Negro. Na próxima quarta-feira, a equipe brasileira precisa vencer no Maracanã. Se conseguir dois gols de vantagem, o Fla será campeão. Em caso de vitória por um gol de diferença, a disputa vai para os pênaltis. Já o Rei de Copas pode até empatar para ficar com a taça.

 

PRIMEIRO TEMPO

Antes da bola rolar, a torcida do Rei de Copas fez uma festa incrível, criando uma atmosfera quase hostil para o Flamengo. No entanto, o time carioca não se intimidou nos minutos iniciais, buscando o jogo com Diego e Paquetá. O jovem, inclusive, sofreu a falta que deu origem ao gol de Réver. Aos oito minutos, Trauco cobrou falta da esquerda com capricho, e o capitão cabeceou com perfeição, sem dar chances para o goleiro adversário.

O gol abalou a confiança do Rojo por alguns minutos. O time da casa tinha dificuldades para criar jogadas. A arquibancada não silenciou, mas também sentiu o golpe, ansiosa pelo empate.

Como esperado, o Independiente investiu pesado em jogadas pela ponta direita, jogando muito em cima da fragilidade defensiva de Trauco. Porém, foi num contra-ataque que o Rojo empatou. Everton Ribeiro perdeu bola, e o time argentino partiu em velocidade.

Em velocidade... aos 28 minutos, Benítez recebeu na área e tocou para Gigliotti chutar forte, no canto esquerdo de César. O estádio quase foi abaixo com a igualdade no placar, a pressão estava de volta.

O Independiente seguiu pressionando para ampliar, mas o Flamengo não estava morto e levou perigo em alguns contra-ataques. Faltou categoria de ambas as partes e o primeiro tempo terminou empatado em um a um.

SEGUNDO TEMPO

O Independiente voltou ao segundo tempo muito empolgado e disposto a buscar a virada a qualquer custo. Não demorou muito e ela veio aos sete minutos. O talentoso e jovem Barco, de apenas 18 anos, passou fácil pela marcação e cruzou da ponta direita para a entrada da área. Meza pegou de primeira e acertou um lindo chute: golaço. O estádio literalmente tremeu com a comemoração da galera.

Em desvantagem, o Flamengo passou a ocupar mais o campo de ataque. Vinicius Júnior entrou driblando e animou os rubro-negros.

Nos minutos finais, o Flamengo pressionou muito. No momento de maior expectativa, Cuéllar cobrou uma falta nas mãos de Campana. O empate não saiu, mas não há nada perdido. O time carioca pode mudar a história da decisão no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:

INDEPENDIENTE 2 X 1 FLAMENGO

Data/hora: 6/12/17, às 21h45 (de Brasília)

Local: Estádio Libertadores da América

Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)

Auxiliares: Milciades Salvidar (PAR) e Dario Gaona (PAR)

Cartões amarelos: Tagliafico e Amorebieta (IND); Diego (FLA)

Gols: Réver (8'/1ºT); Gigliotti (28'/1ºT); Meza (7/2ºT)

INDEPENDIENTE: Campaña, Bustos, Alan Francos (Amorebieta - 39'/2ºT), Gastón Silva e Tagliafico; Diego Rodríguez, Meza (Domingo - 33'/2ºT) e Sánchez Miño; Martín Benítez (Juan Martínez - 27'2ºT), Gigliotti e Barco - Técnico: Ariel Holan

FLAMENGO: César, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Arão e Diego (Vinicius Junior - 27'2ºT); Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Everton - 12'/2ºT) e Felipe Vizeu - Técnico: Reinaldo Rueda

 
Paulo Victor Reis
Mais Notícias

Outras Notícias

Garotinho inicia greve de fome em presídio no Rio

Continue Lendo

Decreto reduz horário de verão em cerca de 15 dias

Continue Lendo

MEC libera R$ 290 milhões para custeio de universidades

Continue Lendo

Ceac terá sede no Shopping Peixoto, em Itabaiana

Continue Lendo