Rio FM

Jornal do Sertão 1ª Edição

Jota Wagner

Corinthians acerta com Renê Júnior e Júnior Dutra; veja detalhes

Corinthians acerta com Renê Júnior e Júnior Dutra; veja detalhes

06/12/2017 02:27

O Corinthians alinhou as contratações dos primeiros reforços para 2018: o volante Renê Júnior e o atacante Júnior Dutra. Os dois já têm exames médicos agendados para serem confirmados pelo Timão.

Aos 28 anos, Renê Júnior assinará por três temporadas com o Corinthians. Ele pertencia à Ponte Preta e estava emprestado ao Bahia, mas seu contrato com os dois clubes termina neste mês. Com o caminho livre, a diretoria estreitou as conversas nos últimos dias para atender um pedido do técnico Fábio Carille, entusiasta do futebol do volante. 

Com situação semelhante, Júnior Dutra também está livre por conta do fim de seu contrato com o Avaí. Ele tem 29 anos e assinará com o Corinthians por duas temporadas após ser confirmado nos exames médicos. Também foi um pedido de Carille, que o vê podendo atuar nas quatro posições de ataque.

Nesta terça-feira, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, admitiu que Renê Júnior estava perto de acertar. Por outro lado, o dirigente descartou a contratação de Júnior Dutra, mas era apenas um despiste. A cúpula passou o dia em reuniões e adiantou as duas situações.

O Corinthians também mantém conversas pelo centroavante Tréllez, do Vitória. O colombiano marcou dez gols no Campeonato Brasileiro e tem mais um ano de contrato com os baianos. A diretoria negocia para tê-lo sem precisar investir muito, condição traçada no planejamento. Há também interesse no atacante David, também do Vitória, em pelo menos um zagueiro e um lateral-esquerdo.

Mais Notícias

Outras Notícias

OEA enviará observadores que devem acompanhar eleições de outubro

Continue Lendo

Desaprovação alta atinge maioria dos candidatos ao Planalto nas eleições 2018

Continue Lendo

São Paulo quebra tabu contra a Chapecoense e é 'campeão' do 1º turno do Brasileiro com recorde

Continue Lendo

Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência

Continue Lendo